Sofisticados Relações

Como mulheres violentadas conseguem superar o trauma e redescobrir o prazer sexual

Convidadas

A equipe da BBC News Brasil lê para você algumas de suas melhores reportagens Episódios Fim do Podcast Tampouco disse ao primeiro namorado, com quem começou a sair quando tinha 18 anos, que havia sido violentada. Quando estavam juntos, o casal decorava o ambiente com velas e flores. Foi assim que Edelmira se permitiu a voltar, pouco a pouco, a ter desejo. Nesse tempo, começou a trabalhar no governo de seu Estado natal, porque queria se dedicar a políticas sociais. Segundo especialistas, a literatura e o cinema de cunho erótico podem ser ferramentas importantes para recuperar a sexualidade após um estupro. Luz diz que essas mulheres precisam de psicoterapia, além de apoio do entorno.

Contatos fudendo 656929

Você tem mais de 18 anos?

Benefício diferente do que era no início do relacionamento, quando bastava um toque na pele para sentir o corporação pegar fogo? O sexo rotineiro pode ser bom? Depende, diz a sexóloga Laura Müller. Um dos pontos positivos: com o passar do tempo, a cumplicidade e o entrosamento entre o casal tende a aumentar. E isso faz bem ao sexo. O sexo flui com espontaneidade.

Como fazer sexo por telefone

E a figura do traído inspira lástima, pena, afirma Ana. Justamente pelo respeito de serem julgadas por conhecidos e parentes, as entrevistadas a seguir preferem manter em sigilo sua identidade. Na internet, no entanto, elas participam de grupos nos quais falam abertamente sobre seus fetiches e se assumem quanto cuckqueans. Nos relatos a seguir, elas contam mais sobre suas trajetórias sexuais: Gosto de ler as trocas de mensagens, de ver ele se arrumando para sair Desde muito jovem, fantasiava com coisas diferentes. Nesse período, troquei de parceiro. Sei que, se eu desejar, tenho espaço para me encontrar com mais pessoas também, mas, hoje estou satisfeita da forma como estamos. Ainda na época de escola, tinha paixõezinhas por meninos e meninas. Mesmo que, em uma certa idade, comecei a namorar um rapaz. Como eu tinha muita curiosidade, propus a ele que fizéssemos um ménage.

Quem é a mulher flagrada fazendo sexo com mendigo?

A resposta? Numa delas, os estudiosos definiram os quatro tipos mais comuns de relações entre eles e elas. Dispostos a descobrir isso, uma equipe de professores da Universidade de Wisconsin-Eau Claire, nos Estados Unidos, realizou uma pesquisa com adultos, com idades entre 18 e 52 anos, que mantinham amizade com pessoas do sexo oposto. Eles também se mostraram mais dispostos a ter um encontro amoroso com as amigas do que elas com os amigos. Em outro estudo realizado pelo mesmo time de pesquisadores, os entrevistados foram convidados a nomear os benefícios e malefícios das amizades intersexuais. Na obra, a psicóloga discorre sobre as alegrias e os dramas inerentes às amizades intersexuais.